terça-feira, 14 de novembro de 2017

“Luiz Gama - Uma voz pela liberdade” - Teatro

Uma reflexão sobre a desigualdade e opressão



O Centro Cultural da Justiça Federal – CCJF apresenta o espetáculo teatral “Luiz Gama - Uma voz pela liberdade”, nos dias 15 e 16 de novembro, às 19h, com Déo Garcez e Nívia Helen.

A peça relata a história de um advogado negro que viveu entre 1830 e 1882 e sofreu todas as mazelas de se nascer numa época em que a cor da pele era sinônimo de servidão. Luiz Gama seria apenas mais uma criança com a realidade marcada pela sociedade escravocrata. Mesmo tendo nascido livre, já que seu pai era branco e sua mãe alforriada, Gama foi vendido como escravo, aos 10 anos, pelo próprio pai. Mas, desafiou o mundo e mudou seu destino. Aprendeu a ler e escrever e frequentou como ouvinte a Faculdade de Direito. Como advogado, mesmo sem ter diploma, atuou em defesa dos negros, libertando mais de 500 escravos do cativeiro ilegal.

O espetáculo é um manifesto sobre um homem que lutou bravamente contra o preconceito racial, a favor da dignidade humana e em especial pela liberdade dos escravos no Brasil. Vítima da exclusão histórica, Luiz Gama recebeu em 3 de novembro de 2015, após 133 anos de sua morte, o título de advogado da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB.

O roteiro convida o público a repensar a realidade histórica de nosso país, e permite uma intrínseca reflexão sobre nossos preconceitos contemporâneos preconizados na herança de um passado desigual e opressor.

Ficha técnica:
Elenco: Déo Garcez e Nívia Helen
Direção: Ricardo Torres
Texto: Déo Garcez
Produção: Mário Seixas
Duração: 50 min

Serviço:
Apresentação da peça teatral “Luiz Gama - Uma voz pela liberdade”
Data: 15 e 16 de novembro
Local: Centro Cultural da Justiça Federal – CCJF
Endereço: Av. Rio Branco, 241 – Centro - Rio de Janeiro – RJ
Ingressos: R$20 – inteira e R$10 – meia (à venda a partir das 16h nos dias das apresentações)
Tel: (21) 3261-2550



Nenhum comentário:

Postar um comentário